Como limpar piscina inflável? | Loja Beluga

Como limpar piscina inflável?

Publicado: 17/04/2019


Práticas, versáteis, pouco espaçosas e divertidas, as piscinas infláveis vêm se tornando cada vez mais populares, principalmente entre pessoas que têm crianças e pouco espaço em casa. Mais acessíveis seja pelo preço, seja pelo fato de ocupar menos espaço ou até pela praticidade de poderem ser montadas e desmontadas de forma rápida, as infláveis são uma excelente alternativa às piscinas comuns, mas é preciso saber como limpar piscina inflável corretamente, afinal, elas também precisam de tratamento para não apresentar riscos à saúde dos banhistas e para que você possa economizar água.


PASSO A PASSO DE COMO LIMPAR PISCINA INFLÁVEL:


  1. Escolha bem o local

O primeiro passo na hora de instalar a piscina é escolher bem o local onde ela será colocada. Essa escolha está diretamente relacionada com a limpeza, porque o ideal é evitar locais onde ela possa ficar suja com mais facilidade, como perto de árvores, por exemplo.


  1. Filtre a água

Se você sempre se perguntou como tratar água de piscina inflável, saiba que ela também precisa de um filtro para eliminar impurezas e distribuir homogeneamente os produtos químicos utilizados. Alguns modelos já vêm com um filtro, outros não, mas ele é um equipamento indispensável. Você pode ligar o filtro uma vez a cada dois dias, sempre conferindo por quanto tempo ele deve ficar ativo, de acordo com a capacidade da piscina.


  1. Esfregue as laterais e  o fundo

Assim como piscinas normais, as piscinas infláveis também acumulam sujeiras nas bordas, por isso, esfregue as laterais e o fundo frequentemente, sempre utilizando um pano úmido ou escovas de cerdas macias para não danificar o material. Para limpar bem as dobras e costuras, uma dica é usar uma escova de dentes.


  1. Peneire a superfície

Ainda que você escolha um local longe de árvores, é inevitável que folhas, galhinhos, insetos e outras impurezas acabam caindo dentro da água, portanto, lembre-se de passar uma peneira na superfície regularmente, evitando também que a sujeita decante e acabe sendo mais difícil de retirar.


  1. Utilize os produtos corretos

Nessa etapa, você tem duas opções: utilizar o combo algicida + cloro para manter a piscina limpa, livre de micro-organismos e algas, ou investir em um ionizador solar, que tem os mesmos efeitos, mas com a vantagem de reduzir muito o uso de produtos químicos na piscina e de funcionar de forma automática, oferecendo mais praticidade.


  1. Meça o pH e a alcalinidade

O equilíbrio do pH e da alcalinidade são essenciais para que a saúde dos banhistas ou da piscina não seja comprometida, por isso, ao finalizar o tratamento, meça os valores e faça as correções necessárias antes de liberar o uso da piscina.


  1. Cubra a piscina
    Quando não estiver em uso, lembre-se de cobrir a piscina para conservar a água limpa por mais tempo.


Voltar